sábado, 15 de setembro de 2012

Praia de Iracema e Beira Mar, Fortaleza, CE.

Vista da Ponte dos Ingleses
 Na ponte

 Pirata Bar
 Ponte dos Ingleses
 Restaurante Estoril

 Estátua de Iracema
Iracema (ou Iracema, a virgem dos lábios de mel) é um romance da literatura romântica brasileira publicado em 1865 e escrito pelo cearense José de Alencar, fazendo parte da trilogia indianista do autor. Os outros dois romances pertencentes à trilogia são O guarani e Ubirajara.
Resumo da obra: Iracema: O romance conta, de forma poética, o amor quase impossível entre um branco, Martim Soares Moreno, pela bela índia Iracema, a virgem dos lábios de mel e de cabelos mais negros que a asa da graúna e explica poeticamente as origens da terra natal do autor, o Ceará.
Para José de Alencar, como explicita o subtítulo de seu romance, Iracema é uma "Lenda do Ceará". É também, segundo diferentes críticos e historiadores, um poema em prosa, um romance poemático, um exemplo de prosa poética, um romance histórico-indianista, uma narrativa épico-lírica ou mitopoética. Cada uma dessas definições põe em relevo um aspecto da obra e nenhuma a esgota: a lenda, a narrativa, a poesia, o heroísmo, o lirismo, a história, o mito.
Fonte: Wikipédia
 Orla
 Beira Mar
 Porto do Mucuripe: aqui podemos comprar variados pescados e apreciar a chegada das jangadas.
 Estátua de Iracema
Calçadão da Beira Mar

Nenhum comentário:

Postar um comentário